Quero desafiar o querido leitor da Revista Vida Destra a escrever no Google a seguinte frase: “maior ladrão do mundo”, e em seguida clicar em “imagens”. Meu desejo é deixar que a brincadeira aconteça de maneira tão natural, que nem quero falar sobre o resultado da pesquisa, somente desejo compartilhar a imagem da busca. Veja abaixo a imagem que eu mesmo fotografei.

A imagem de um bandido jamais será esquecida. Os crimes que comete permanecem eternamente na memória das pessoas. Os livros escritos pelos militantes de esquerda nunca tratarão Lula por algo diferente de herói ou pai dos pobres. Quando pouco ele será tratado como preso político ou perseguido pelos inimigos da democracia.

Vamos conviver com essas tentativas de sacralizar o ladrão que deixou um rombo que o Brasil demorará décadas e décadas para recuperar. Devemos nos lembrar que as salas de aula ainda estão tomadas por militantes do “Lula Livre”. Portanto pense que o resultado da busca do Google tem alguma relevância para a mudança de pensamento daqueles que ainda acreditam que foi ele que trouxe a comida para a mesa, a casa própria e o carro na garagem do pobre brasileiro oprimido.

Então, o que a decisão do STF de anular as sentenças que pesavam sobre o cachaceiro de nove dedos pode nos ensinar? Vejamos o que o favorzinho de Edson Fachin a Lula pode nos ensinar:

  1. O crime compensa

Se seus filhos começarem a achar bacana aqueles jogos em que devem personificar os bandidos, que roubam, atropelam, matam e cometem todos os tipos de crimes, certamente você não ficará satisfeito. Porém, não se assuste, afinal eles estão vendo (acredite, eles percebem!) tudo acontecer. A internet não os deixa de fora de nada. Certamente chegará um tempo em que as crianças vão querer bonecos e camisetas que fazem alusão a bandidos famosos, numa completa inversão de valores, onde o certo se torna errado e o errado se torna certo.

2. O Brasil não tem Justiça

Se um deputado ousar falar mal do STF, Deus o livre! Vai para o xilindró com acusação de crime hediondo, e corre até o risco de ser preso pela nova modalidade de “crime em flagrante por vídeo”. Mas se você é um progressista, combatente do fascismo imaginário e da ditadura bolsonarista, pode roubar, matar e cometer o crime que quiser, que o STF virá em seu favor mesmo depois de trânsito em julgado ou de anos de decisão proferida. Eles até criam, reescrevem, repensam e redirecionam suas jurisprudências e seus entendimentos, desde que cumpram o objetivo de beneficiar os “heróis da democracia”.

3. Brasileiro gosta de sofrer

Acredite, ainda existem pessoas que creem veementemente na inocência de Lula. Essas pessoas compõem basicamente três grupos: os inocentes úteis, os idiotas úteis e os canalhas oportunistas.

Inocentes úteis são os pobres coitados que o PT fez permanecer na pobreza para viverem na dependência das migalhas que a quadrilha legalizou com base na eterna mentira da “distribuição de renda”. Estes acreditam que Lula e o PT são a representação da benevolência do Estado para com os pobres.

Idiotas úteis são os universitários e estudantes jubilados que não produzem nem um palito de dente mas pensam que são tão espetaculares que o mundo não é digno de seu iluminado cérebro. Estes são lobotomizados pelas universidades públicas e privadas do Brasil. São irrelevantes pois não sabem fazer política fora de seus guetos. Alguns deles se tornam adultos e abandonam a utopia, outros permanecem eternos adolescentes. Costumam dar despesas aos pais até o fim da vida, a não ser que algum político os pendurem em algum cargo público.

Canalhas oportunistas são aqueles que fazem parte da cúpula da quadrilha. Ganham apelidos em planilhas de propinas em casos de corrupção, estão sempre no topo das organizações que levam bandidos ao poder. Quando quiser saber quem são, olhe para aqueles que aparecem sempre nas fotos com Lula, Dilma e outros chefes de quadrilhas.

E vamos nós, seguindo até quando der. Ainda acredito naquela frase: “Uma hora o caldo entorna”. Não creio que passe de 2021 a grande insurreição. Não consigo enxergar uma passeata pacífica ou mesmo uma série de protestos com bandeiras do Brasil e camisetas da seleção brasileira. A inocência do “maior ladrão do mundo” não passará em branco. Temo até pela segurança nacional. Não desejo uma guerra civil.

Ah, só um detalhe: Sabe a fortuna que Lula gastou com advogados e a outra que gastou para comprar o STF? Pois é! Lula não trabalha; aliás, nunca trabalhou! Então… A fortuna é paga por mim e por você! Faça o seguinte: Na lojinha de R$1,99 tem um narizinho vermelho baratinho. Saia com um nas ruas e mostre de que estão sendo feitos os brasileiros de bem.

*Artigo atualizado em 13/03/2021 às 10:10.

 

 

Davidson Oliveira, para Vida Destra, 11/03/2021.
Sigam-me no Twitter! Vamos conversar sobre o meu artigo! ! @ProfessorDavi16

 

As opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seus respectivos autores e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Últimos posts por Davidson Oliveira (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
2 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Luzimar
Luzimar
1 ano atrás

Bom dia professor. Quanto às camisetas com fotos de ladrão, há tempos é moda desfilar com imagem do Che, acredito que essa geração vem se corrompendo há muito. Com certeza, se não nos insurgirmos vamos pagar o preço da perda do nosso bem maior que é a liberdade.

Luiz Antonio Santa Ritta
Luiz Antonio Santa Ritta
1 ano atrás

No brilhante artigo de @ProfessorDavi16 em que afirma que Lula nunca será inocentado, só alerto ao docente q melhor utilizar o buscador DuckDuckgo, de forma a não incentivar as Big Techs. O alerta de o crime compensa, nem todo pai fiscaliza os jogos dos filho. Agora que somos palhaços, sem sombra de dúvidas!