Confesso que antes da CPI do Circo eu não conhecia Omar Aziz, Randolfe Rodrigues, Otto Alencar, Ângelo Coronel, Rogério Carvalho e permaneço sem conhecer alguns dos demais. Na verdade, por conta de sua ficha corrida, já tive o desprazer de ouvir falar em Renan Calheiros e, por conta de ter que pagar seguro DPVAT todos os anos, também conheci Randolfe Rodrigues.

O objetivo da CPI foi atingido com sucesso! E pare de dizer que eles não cumpriram as metas da Comissão! Veja o tamanho da visibilidade dada pelo “Consórcio da Finada Ex Grande Imprensa” aos inexpressivos políticos que compõem o famigerado G7. Veja como o agora baluarte da moralidade e da ética, Renan Calheiros, passa de investigado e de suspeito dos mais variados crimes para grande baluarte da ética e da moral, defensor do povo e da saúde. Sim, meus amigos, a CPI foi um sucesso. O palanque eleitoral foi lindo. Até teria showzinho organizado por “Rouanetmaníacos”, só que isso ficaria muito na cara, já que a CPI usou os caixões dos brasileiros mortos como elevatória desses “excelentes” representantes do povo. Imagine se pegaria bem retirar os caixões e colocar um show para comemorar o fim da CPI… Até que nós, brasileiros de verdade, adoraríamos comemorar o fim dessa palhaçada movida a dinheiro público, só que estamos muito desprovidos de recursos por causa do “Fique em casa, a economia a gente vê depois”, e por isso não podemos gastar com shows.

Dadas as circunstancias de a velha imprensa ter escolhido os exemplares parlamentares, chefes da CPI, para serem os novos libertadores do Brasil, era de se imaginar que o povo os adotaria como tal, porém, as redes sociais escancararam a verdadeira intenção dos cheirosos políticos que formaram o G7. É terrível ver as considerações finais de um relatório que exclui a simples menção ao Consórcio do Nordeste ou aos casos dos hospitais de campanha construídos a preços exorbitantes e desmontados sem que servissem ao seu propósito. Além disso o Covidão passou longe da CPI. Os envolvidos em compras de respiradores nunca entregues e desvios milionários de dinheiro enviado pelo governo federal para o combate ao vírus, não foram citados, levando a crer que os senadores da cúpula do G7 ainda acreditam que a população esqueceu desses casos.

O saldo é o seguinte: desmoralização de um Senado que outrora era honroso; demonstração de aparelhamento estatal por parte de políticos; apequenamento do STF, pois foi de lá que surgiu a ordem obedecida de forma servil pelo Senado de instalar a CPI.

O Brasil se alivia com o fim dessa peça teatral macabra que foi desmascarada como a tentativa mais rasteira de tentar imputar ao Presidente da República um crime que não cometeu. Para tal foram criadas até novas categorias de crimes. O resultado prático da brincadeirinha de Renan, Randolfe, Aziz e companhia é o disparo antecipado da campanha eleitoral de Bolsonaro para 2022. Mais uma vez o tiro saiu pela culatra.

 

 

Davidson Oliveira, para Vida Destra, 28/10/2021.
Sigam-me no Twitter! Vamos conversar sobre o meu artigo! ! @DavidsonDestra

 

Crédito da Imagem: Luiz Jacoby @LuizJacoby

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao contato@vidadestra.org
Últimos posts por Davidson Oliveira (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments