Um amigo enviou-me um print de um artigo publicado pelo site do Partido dos Trabalhadores (PT), em que consta acusações contra Israel, a respeito do recente conflito contra militantes palestinos, que já fez dezenas de vítimas de ambos os lados. A chamada do artigo dizia que Israel estaria patrocinando uma escalada de violência contra o Estado Palestino.

 

“O Partido dos Trabalhadores (PT) vem a público manifestar sua profunda inquietação com a escalada da violência patrocinada por Israel contra o território palestino…”

O texto que consta no print enviado, dá a entender que o artigo é de 10 de maio. Entretanto, no dia seguinte, em 11 de maio, o PT tuitou o mesmo texto, porém, desta vez, sutilmente retiraram a expressão “patrocinada por Israel” e em seu lugar consta o seguinte:

“O Partido dos Trabalhadores (PT) vem a público manifestar sua profunda inquietação com a escalada da violência entre Israel e Palestina, que teve início no último dia 6 de maio, após as comemorações pelo Ramadã, mês sagrado muçulmano.”

No post do Twitter, onde a acusação foi retirada, na parte inferior, há o site do PT  (pt.org.br), como sendo a fonte da publicação.

Entretanto, ao acessarmos o site, aparece apenas uma frase dizendo que “a página que você procura não existe”. Eles simplesmente deletaram o artigo!

Da mesma sorte, o site de ultra-esquerda Brasil247, em 11 de maio, publicou uma matéria com o título “PT pede diálogo e paz entre Hamas e Israel”, onde reproduz a fala do post do Twitter, mas não dá nenhuma referencia de consulta. Não há link algum.

Considerando que o PT sempre foi um crítico de Israel e em contrapartida, um árduo defensor das ações de grupos terroristas palestinos, tal como o Hamas, que inclusive já convidou Lula para visitar a faixa de Gaza, perguntamos: o que levou o PT a dar essa guinada de opinião? O que está por trás dos planos macabros dos petistas desta vez? Sinceramente não sei.

O que eu sei é que o PT tem um histórico enorme de amizade com grupos guerrilheiros e narcotraficantes, como as Farc, por meio do Foro de São Paulo, e de terrorismo urbano, como o exercito do MST. Possui em seu rol de políticos ex-guerrilheiros, como José Dirceu e Dilma Rousseff. Eles sempre estiveram ao lado de terroristas e guerrilheiros. Aguardemos as cenas dos próximos capítulos. Em se tratando de PT, precisamos ficar com os dois pés atrás. Sempre.

 

 

Paulo Cristiano da Silva, para Vida Destra, 13/05/2021.
Vamos discutir o Tema! Sigam-me no Twitter  @pacrisoficial , no Parler @Pacris e no Conservative Core @pacris

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao [email protected]
Acompanhe me
Últimos posts por Paulo Cristiano da Silva (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
0 Comentários
Inline Feedbacks
View all comments