Nestes tempos em que estamos vivendo, sombrios, mas não pela realidade dos fatos, e, sim, pelo mundo virtual caótico criado por grupos inescrupulosos, que ainda cooptam aqueles que não querem pensar por si ou analisar os acontecimentos, eu pergunto: aonde vais?

Se tu fores um aproveitador, um daqueles que não perde a oportunidade, por mais nefasta que seja, para ganhar, ganhar e ganhar muito dinheiro, então, tu vais pelo caminho do vale-tudo. Vale mentir, vale inventar catástrofes, amedrontar as pessoas, causar dor, sofrimento, morte…

Há muitos nesse time atualmente, e podemos tentar selecioná-los para jogá-los ao poço do esquecimento. Eu garanto a vocês, meus amigos leitores, que é bem fácil. Portanto, que tal não abrir o Antagonista nunca; ou, pelo menos, não acreditar no que está publicado lá? É tão simples ignorar textos minúsculos que não dizem nada, apenas fazem fofoca do mais baixo nível. E essa atitude salutar serve para os outros meios de comunicação da banda podre da Terra, como Globo, Folha, Estadão, Jovem Pan, enfim, vocês já sabem quais são.

Vamos ver mais? E quanto à politicalha porcalhona? Sim, mais fácil ainda. Não levar a serio nada que venha dessa gente, mesmo que, em momentos de transe psicodélico, eles venham com discursos “bonzinhos”. Querem um exemplo? Janaína Paschoal. Querem mais? Fernando “Someday, Everyday or something like that”; Mamãe “Chorei, Mamei, Espirrei” ou algo assim; Kim “N’import quoi”; e outros tantos, com nomes ridículos ou não? Sem contar as velhas raposas da velha política. Sinceramente, para quê dar ouvidos a essas múmias?

Mas não para por aí. O grupo maléfico conta com muitos. O que dizer dos militantes incrustados nos órgãos públicos? Eles não trabalham para o bem comum, não seguem as leis que regem seus cargos, não devolvem à sociedade nada do que esta, com muito sacrifício, paga-lhes em forma de altos salários, mordomias sem fim, status indevidos, etc. Podemos citar os senhores e senhoras que ocupam cargos no Judiciário, por exemplo. Poder este que deveria seguir as leis à risca, mas que, por meio dos desserviços de seus membros, enterram para sempre a Justiça brasileira no cemitério dos malditos.

E continuando com o desfile das criaturas do pântano, temos também a classe que se diz artística e alguns youtubers. São de fazer chorar. Não são todos, mas são milhares de seres que sequer têm o mínimo de cultura básica, obrigatória a todo ser pensante. Se bem que, na verdade, pensar é uma exigência um tanto impossível para essa turma. Habitantes de um mundo paralelo, eles não passam de “ícones” empoeirados que já deveriam ter acordado para a realidade: eles não representam nada para a maioria das pessoas. Gravam vídeos sem pé nem cabeça; escrevem asneiras em suas redes sociais; tentam, de forma vergonhosa, um minuto de fama, para acariciar seus egos murchos. São tristemente patéticos.

Bom, meus amigos, a lista de seres rastejantes, das sanguessugas, é muito grande. Cabe a cada um de nós identificá-los e: ignorá-los! Quando isso for suficiente, claro. Ou combatê-los, quando isso for necessário. Neste ponto, alguns podem questionar o por quê de termos essa obrigatoriedade em tomar atitudes em relação a esses grupos. E eu lhes digo: porque temos somente a nós mesmos para construirmos um ambiente de paz e prosperidade para nós e para as nossas gerações futuras. Sendo assim, meus caros, àqueles que não querem pertencer a tais grupos torpes eu pergunto: quo vadis?

Gogol, para Vida Destra, 22/5/2020.

O autor está sem redes sociais. Para comentar, acesse o site da revista.

Gogol
Últimos posts por Gogol (exibir todos)
Amigos e leitores, pessoas físicas/jurídicas! Colaborem com a Revista @vidadestra sem tirar dinheiro do seu bolso. Baixe o app LunesPay e ganhe 25 pontos de vantagens. Seremos remunerados por cada download a partir do nosso link. Contamos com a direita! https://bit.ly/BaixeLunesPay-0
Subscribe
Notify of
guest
6 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Nunes
Admin
6 meses atrás

Sempre é bom ficarmos de olho nesse pessoal.
Concordo, depende de nós, povo de bem, reconstruir esse país.

Nunes
Admin
Reply to  Gogol
6 meses atrás

Concordo. Quando o povo quer, ele faz e acontece, por isso não podemos ficar tão inertes aos acontecimentos.

Livio Oliveira
6 meses atrás

Parabéns pelo artigo meu amigo! Infelizmente, essa oferta de lixo informativo existe porque há uma demanda para isso. O seu artigo tenta justamente convencer aos demandantes desse lixo que eles tem melhores e saudáveis opções. Isso me faz lembrar do seguinte versículo bíblico: “Os céus e a terra tomo hoje por testemunhas contra vós, de que te tenho proposto a vida e a morte, a bênção e a maldição; escolhe pois a vida, para que vivas, tu e a tua descendência”

Deuteronômio 30:19

Rosemary
Rosemary
6 meses atrás

Não devemos esquecer que a culpa é nossa. Sim de nós, uma geração anterior a essa. Nós que não tivemos formação socialista, que não fomos doutrinados por professores militantes, que não votamos em Lula ou Dilma, mas estávamos mais preocupados com a tarefa de ganhar dinheiro, construir nosso futuro, evoluirmos profissionalmente. Alguns esqueceram do patrimônio mais importante: a educação dos filhos. Ganhar dinheiro, investir na vida profissional, manter a forma, criar um patrimônio foram mais importantes do que vigiar de perto quem e o que estavam ensinando às crianças e adolescentes de vinte anos atrás. A doutrina socialista gramsciana imperava… Read more »

Fábio Talhari
Reply to  Rosemary
6 meses atrás

Bom dia, Rosemary! Teremos uma nova oportunidade, este ano, de exercitar o voto. Espero que seja de forma mais contundente, contra os corruptos e contra a esquerda, do que foi nas últimas eleições. A renovação que foi feita em 2018 não foi suficiente para completar a faxina moral de que este país precisa.