Sobre as eleições Municipais e a propalada “derrota” de Bolsonaro:

Fiz carreata para alguém?“, comentou Bolsonaro sobre derrota de apoiadores.

De fato, ele pouco se envolveu na campanha de candidatos e os eleitores – cansados talvez de traições de vários “apoiados” anteriores – certamente esperam a criação de um real partido de Direita.

O volume de abstenções e de votos brancos e nulos parece confirmar isso. Mas, é claro, a extrema-imprensa e derrotados querem creditar isso à pandemia e não ao desencanto do eleitorado em ter que escolher entre o ruim e o pior.

O verdadeiro perdedor nessas eleições foi o PT, sendo parcialmente substituído pelo seu “puxadinho” mais radical, o PSOL. E venceram os partidos de centro e centro-direita.

O PSL perdeu em São Paulo em função da insistência na candidatura da Joice em detrimento de Luiz Philippe de Orléans e Bragança. Parece que a classe política não entendeu ainda que traíras são rejeitados. Doria deveria entender isso.

Espera-se a homologação do Aliança e o surgimento de candidatos  realmente comprometidos para 2022. Imagino que a história será bem outra então.

 

 

 

Laerte A Ferraz para Vida Destra, 30/11/2020
Sigam-me no Twitter! @FerrazLaerte

Laerte A. Ferraz
Acompanhe me
Últimos posts por Laerte A. Ferraz (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Nunes
Admin
7 meses atrás

Como conversamos, pode acontecer de não termos o Aliança em 2022 por causa dessas palhaçadas do TSE. Então é necessário a direita se mexer e arrumar um plano B

Luiz Antonio
7 meses atrás

Felizmente @ferrazlaerte, eu e minha esposa já estamos regularizados no Aliança. Mas acho um parto junto ao TSE. Não é um parto normal.

Sander Souza
Editor
7 meses atrás

Parabéns pelo ótimo artigo!
O cenário político acabou bem diferente daquele que almejávamos. Teremos muita luta pela frente!

Carlos Alberto de Oliveira e Silva
Carlos Alberto de Oliveira e Silva
7 meses atrás

Parabéns Laerte Ferraz, a luta pró direita e pró Bolsonaro continua. O PT está agonizando e seus associado desorientados. O STF perdeu o foco das suas atribuições e o quarteto Gilmar, Alexandre, Levandovisk e Tófoli trabalham no Tribunal do ódio rasgando a carta magna do Brasil em total desrespeito ao povo brasileiro. Está passando da hora do levante.