Nova orientação do PT aos candidatos nas eleições de 2020:

Orientamos pautar nossa propaganda eleitoral gratuita no rádio e na TV neste dia com homenagem a Lula, com a mensagem #AnulaSTF, pela recuperação de plenos direitos políticos para Lula! Essa deve ser uma bandeira de todos os democratas no país

A orientação assinada pela presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, e pelo o secretário nacional de Comunicação, Markus Sokol, foi encaminhado a todas as instâncias partidárias. Sokol disse que o ex-presidiário não foi o autor da ideia, mas, obviamente, gostou. Esse é o perfil do ególatra, Lula. Um ser humano que adora a si próprio como uma divindade e não dispensa um culto a personalidade.

Por alguns anos lendo e tentando compreender algumas seitas, mundo a fora, percebo que, em sua totalidade, elas escondem ou não aceitam as imperfeições de seus deuses. É a partir disso que podemos compreender o porquê de os petistas não desistirem, definitivamente, de Lula. Não se trata de um ato racional, já que, por racionalidade, o partido deveria entender que o principal culpado pelo desmanche da agremiação é justamente o condenado duas vezes por corrupção passiva e lavagem de dinheiro nos casos do sítio de Atibaia e do tríplex do Guarujá. O pior é que, mesmo com o presente recebido dos amigos do STF, Lula ainda é réu em tantos processos que seria prudente começar a se pensar na criação de um “tribunal post mortem” para que todos possam passar pelo justo processo legal, afinal, serão processos para esta vida e para o porvir.

O PT orientou todos os candidatos do partido, nas eleições de 2020, a usarem o horário eleitoral de rádio e televisão para defender a anulação da condenação do ex-presidiário, Lula, e a recuperação de seus direitos políticos. A orientação faz parte da série de comemorações que o PT prepara para o aniversário de 75 anos de Lula, no dia 27 de outubro.  O partido se encontra em frangalhos, dada sua abrupta rejeição, desde as eleições de 2018. A ala mais radical do partido ainda insiste em emplacar o “Lula inocente” ou mesmo o “anula STF”, numa tentativa desesperada de recuperar os direitos políticos do condenado a mais de 20 anos de prisão em duas instâncias. Talvez seja o resultado de conclusões tiradas a partir de análises óbvias sobre a queda de popularidade, ou mesmo do fim da carreira política do ex presidiário. A situação se agrava ainda mais quando o cenário político aponta o crescimento de Bolsonaro nas regiões Nordeste e Norte, antigos redutos eleitorais de Lula.

A peça publicitária visa criar um movimento, sobretudo em redes sociais, pedindo que as condenações do ex-presidiário sejam anuladas por conta de, entre outros motivos, a suposta suspeição do então juiz Sergio Moro no julgamento do agora condenado Lula. Vale lembrar que ele é ficha suja, e isso o impede de se candidatar a qualquer posto político que passe pelo pleito. Em países sérios, ele sequer apareceria em qualquer tipo de publicação ou campanha a qualquer coisa, já que, notoriamente, o padrão moral de muitas nações desenvolvidas impede que bandidos se tornem referência ou mesmo tenham o espaço na mídia que o ex-presidiário tem. Eu me atreveria a dizer que se Lula fosse britânico ou norte americano, ele estaria na cadeia muito antes de brincar de ser presidente. Mas o simples fato de pensar na possibilidade de Lula ter nascido em qualquer nação capitalista e majoritariamente conservadora, acaba sendo ridículo, pois ele nunca trabalhou e nem produziu nada. Apresentem-me a carteira de trabalho de Lula e eu apresento uma rocha vinda do planeta Netuno.

O fato é que, como dito no início, a seita PT não tem mais seu deus. O partido é um amontoado de sindicalistas, “intelectualóides”, burgueses que enxergam algum charme na seita da Terra parada, estudantes e “estudantas”, milionários corruptos, que se esbaldaram com o dinheiro surrupiado durante o desgoverno petista e uma enorme lista de condenados e investigados por corrupção. Resumindo, o PT é um emaranhado de sobreviventes de um naufrágio causado por ele mesmo. O problema é que esses causadores do naufrágio estão tentando emplacar a ideia de que eles são os únicos capazes de tirar o braço do fundo do mar e o recolocar em funcionamento. Diga-se de passagem, o capitão Lula afundou junto com o navio e a grande maioria dos sobreviventes não deseja que ele saia do fundo do abismo em que se encontra.

Estamos ansiosos para ver os candidatos que estão fazendo um esforço enorme para esconder a estrelinha vermelha mostrarem todo o seu amor e sua militância em prol do condenado pela justiça. Queremos ver os candidatos que dizem: “Vote em candidato, não em partido”, mostrarem suas garras na defesa do deus petista. As cenas dos próximos capítulos serão hilárias. Será engraçado ver aqueles candidatos que estão escondendo a sigla do partido em seus materiais de campanha serem obrigados a fazerem um “merchan” para o ex-presidiário.

Davidson Oliveira, para Vida Destra, 24/10/2.020.

Sigam-me no Twitter! Vamos debater o assunto! @ProfessorDavi16

 

Davidson Oliveira
Últimos posts por Davidson Oliveira (exibir todos)
Amigos e leitores, pessoas físicas/jurídicas! Colaborem com a Revista @vidadestra sem tirar dinheiro do seu bolso. Baixe o app LunesPay e ganhe 25 pontos de vantagens. Seremos remunerados por cada download a partir do nosso link. Contamos com a direita! https://bit.ly/BaixeLunesPay-0
Subscribe
Notify of
guest
7 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Maria de Fátima Pinto de Oliveira
Maria de Fátima Pinto de Oliveira
1 mês atrás

Perfeita análise!
Só com conhecimento da verdade o cidadão de bem consegue se libertar dessa Seita maligna que se abateu no Brasil e vários outros Países.
O Tempo é o Filtro da Verdade.
Grande abraço Davidson Oliveira.💚💛💙🤍

Luiz Antonio
1 mês atrás

É um acinte à lei da ficha limpa, ver o nome de Lula ser dito em propaganda eleitoral. Ainda mais q TSE foi muito condescendente com as contas do PT e impulsionamento através de WhatsApp. Pena que ação do sítio está para prescrever.

Nunes
Admin
1 mês atrás

Coisas que acontecem no Brasil, infelizmente.

Welton Reis
1 mês atrás

Bandidolatria descarada! O partido a serviço de um bandido e ainda dizem ser democratas, ora bolas, quem defende bandido é também bandido. O petismo continua, infelizmente. Excelente análise, parabéns!

Sander Souza
Sander Souza
30 dias atrás

Excelente artigo!
Chega a ser difícil para uma pessoa normal, compreender o fanatismo petista entorno desta figura nefasta! Só a falta de massa encefálica explica!
Artigo lido e compartilhado!

Mauro Tagliari
Mauro Tagliari
30 dias atrás

Brilhante artigo. Parabéns!

FABIO PAGGIARO
30 dias atrás

Excelente análise. Esses petistas não conseguem enxergar um mundo sem Lula. De fato, o partido nunca teria significância sem ele. Porém, como vc disse, o próprio líder destroçou o partido. Acho ótimo que ajam assim, pois essa pode ser a pá de cal no cadáver. Parabéns.