Antes que me critiquem por usar no título um símbolo chinês – amo a tradição e cultura chinesa, que nada tem a ver com o maledetto vírus – o motivo de tê-lo usado foi ter revisto o delicioso Kung Fu Panda, animação da DreamWorks. Para relaxar das tensas semanas que temos vivido, aceitei a sugestão da família, mas eis que tive um entendimento – o inconsciente não para de trabalhar.

Como apreciador de filmes, peço desculpas a quem ainda não viu, mas terei que fazer aqui, um spoiler, uma revelação sobre o filme, ok?

Olhando para o simpático e engraçado Po, o Panda que se torna o Dragão Guerreiro, eis que vi nele a imagem do Presidente Bolsonaro – o candidato improvável na defesa da nação. Tanto o personagem quanto o homem, mostram que sim: são verdadeiros heróis. No início, o que parece defeito (a gordura de Po e a pouca polidez do Capitão) acabam revelando autênticas qualidades,  mostrando a resistência e a resiliência necessárias diante dos golpes violentos do inimigo. Afastando-me um pouco da situação, finalmente, enxerguei o sistema agindo. 

E o mais importante: como nós, o Presidente e o Congresso devemos agir.

A cena inspiradora foi quando o ganso (“pai” do Panda) conta que não há ingrediente secreto em seu famoso macarrão e quando Po abre o pergaminho do dragão, eis que vê a si mesmo, pois não há NADA no pergaminho. Perplexo, repete a si mesmo: “Não existe ingrediente secreto…”

Aí vem o insight!

A esquerda tenta mexer com nosso emocional: patriotas sofrem busca e apreensão, outros são presos, Weintraub sai do MEC. Parece um filme de terror. Somos humanos e, vendo a injustiça, queremos dar IMEDIATAMENTE uma resposta. O sangue ferve e queremos que o outro lado sinta a mesma dor que estamos sentindo. É normal.

Então, na primeira fase do stress, vem: “O Presidente precisa fazer alguma coisa”, dizem apoiadores. Outros – já na segunda ou na nova fase chamada de “quase exaustão” – partem para a agressão: “Ele é um frouxo”.

Neste momento o meu sinal de alerta disparou. Frouxo? O homem que tomou uma facada, que podia desistir antes da eleição, e que ainda hoje, a qualquer tempo, poderia renunciar e dizer ‘olha, eu queria ajudar, mas minha vida e minha família estão sendo atacados de modo covarde e incessante’, é um frouxo? NÃO! ELE NÃO DESISTIU DO BRASIL!

Não aceito que chamem o Presidente de frouxo. Provavelmente, nenhum de nós resistiria o que ele tem resistido. Então, ninguém tem direito de falar isto, sem se colocar no lugar dele. Aqui eu percebi que os movimentos de esquerda querem exatamente isto, nos jogar contra o único que quer o nosso bem. Não! Esta ação emocional e raivosa NÃO É O CAMINHO.

Voltando ao filme, ACHO que entendi o que pode ser feito. Certamente, muita gente tem pensado o que JB tem de fazer. Pensamos em ações mirabolantes. Mas, a verdade é uma só. 

O Presidente NÃO TEM QUE FAZER NADA! 

ELE JÁ FEZ.

Sei que pode parecer loucura, mas vou explicar o porquê. Ele JÁ É nosso Presidente, o nosso “Dragão Guerreiro”! Nós o elegemos!

JB cortou verbas ideológicas de arteiros e jornaleiros. A maior rede de TV do país está indo à falência. Os ministérios não foram usados como chantagem por partidos, como tem sido desde a redemocratização. Não há casos de corrupção. As famosas “articulações” com o Congresso, não existem mais. Roberto Jefferson reiteradas vezes citou em tweets: “Bolsonaro não rouba nem deixa roubar”. Afinal, o que mais querem?

Como as torneiras de dinheiro fecharam, reagem engessando o Presidente. Diante das ações contrárias e ataques de vários lados, já entendemos que o sistema não vai deixar Bolsonaro governar. Toda fúria é, justamente, porque perderam suas fontes públicas.

Muitos se esquecem que são conservadores e querem partir para o “olho por olho” com a esquerda: querem guilhotinar os inimigos, mas agindo assim, iremos nos tornar iguais ao monstro que queremos destruir. Novamente, este NÃO É O CAMINHO.

A vantagem de ser conservador é esta: quanto mais nos atacam, mais crescemos – como acontece com JB. É como o sangue dos mártires que multiplicou a Igreja. Até hoje o cristianismo existe por conta deles. Hoje temos nossos “mártires”: exilados, presos e perseguidos. Somos chamados de fascistas por defendermos a Deus, a família e a Pátria! Todo conservador que defende a fé é perseguido por causa de Jesus! Precisamos enaltecer todos os conservadores que forem perseguidos: são heróis que devem ser valorizados. Devem andar, de cabeça erguida. Cresceremos ainda mais nas próximas eleições! O Povo vê crianças, idosos e patriotas serem acusados injustamente e não aceitam. A imprensa se autodestrói agindo assim. Todo aparato esquerdista – mídias e partidos – cairão cada vez mais! 

Finalmente, lembro o mais importante: JB irá nomear vários integrantes do Supremo. Eis aqui o ponto que mais afeta a esquerda. Eis o verdadeiro motivo do seu desespero. Como não tem mais cartuchos para atirar, tentam acertá-lo de outro modo: filhos, amigos, apoiadores. Tudo para forçá-lo a reagir com o fígado. Forçá-lo ao erro é a única arma que restou à esquerda.

E o que o Presidente deve fazer? NADA. Porque não é atribuição de Presidente da República tirar ninguém da prisão. Lembra do Maldadd? Seu “plano de governo” incluía soltar o ex-presidente condenado, mas – ora, ora – isto não é um projeto de governo e deveria ter a candidatura negada. Nem acho que JB deva se manifestar. Claro que a esquerda irá colocar infiltrados para dizer que “ele está sendo omisso”. NADA DISSO É VERDADE! Entenda que esse chororô é falso, NÃO CABE AO PRESIDENTE.

E cabe à quem? Ao Congresso Nacional (CN).

Infelizmente a grande verdade é que aqueles que foram eleitos por nós, que sabíamos que JB não poderia governar sem apoio no Congresso, NADA FIZERAM.

Lá atrás, nos primeiros dias de mandato, muitos ASSISTIRAM, como se o problema não fosse com eles. Não entenderam que tinham que defender o Presidente como estratégia. Hoje, alguns tem sua vida revirada e, agora entenderam que é com eles, SIM.

Ocorre que, ainda, caíram na armadilha da “economia com assessores” conforme expliquei no artigo DR Patriota. Então, a tarefa imediata dos nossos parlamentares é contratar mais assessores para lutarem de igual para igual. Judicializar, trancar pautas, fazerem projetos que possam VIRAR O JOGO (PEC da Bengala, impeachment, etc – tudo o que for possível) e defenderem o Presidente. São eles que tem que defender o Presidente e não o contrário! São eles que podem analisar impeachment e julgar ministros. 

“Ain, eles nunca farão isso…” Será? Aí é que nós, O POVO, entramos em cena.

A nossa tarefa é apoiar, sugerir e pressionar parlamentares à AÇÃO! Afinal, nós os elegemos para terem tempo e recursos para agirem em nosso nome. Precisam entender que queremos AÇÃO, que “mostrem a cara” mesmo que percam no judiciário ou no plenário. Isto não é fundamental: o mais importante é eles agirem com GARRA na defesa do Povo.

Então é simples: ou eles OUVEM a voz do Povo ou não se reelegem. Como esperam que votemos novamente se não fazem nossa vontade, a vontade da maioria?

Vamos interagir nas redes para cobrar nossos representantes e ir às ruas apoiar o Presidente. Quando digo cobrar, não é ofender, nem hostilizar. Precisamos pedir que se posicionem. Sem ofensa. Se não nos ouvem, não terão nossos votos no futuro. Simples assim.

O tempo e a falta de propina farão o trabalho de sufocar a esquerda corrupta. Esta é nossa estratégia de longo prazo. Repito: sem fazer mais nada além do que já fez, na calma e sem ser pressionado a agir intempestivamente, o Presidente irá cumprir seu mandato e quebrar a hegemonia no judiciário. É o que a esquerda mais teme. É o equivalente ao “golpe do dedo Wuxi”, no filme do Panda. A longo prazo, o efeito das mudanças será DEVASTADOR.

Também temos a missão de alertar outros patriotas, principalmente, os que estão emocionalmente abalados, quais são as tarefas de cada um. Fazê-los entender que estamos em uma maratona (longo prazo) e não nos 100 metros rasos (curto prazo). Eis o resumo do que falei.

1) Nós, o Povo, temos duas missões: 

a) Vamos às ruas apoiar o Presidente. O Povo em massa nas ruas é garantia de apoio popular e das Forças Armadas (que já sabemos só pode agir com ordem do Presidente). Até Maia sabe que não há clima para impeachment contra JB por conta do Povo na rua;

b) Nas redes, fiscalizar o Congresso e estimular e apoiar nossos parlamentares, denunciar abusos e exaltar nossos perseguidos políticos para aumentarmos nossa força – eles são nossos heróis; 

2) A missão dos parlamentares de Direita é agir em conjunto e reagir contra os excessos da esquerda. E nós vamos denunciar tais excessos nas redes, seja a sério ou ironicamente;

3) Nosso Presidente, enquanto aguarda o momento de indicar os ministros, pode e deve fiscalizar seus membros: AGU, MJ estão muito mal. Dá pra mudar. A Secom deu uma guinada boa. JB tem que ajustar a máquina. 

O Presidente pode continuar enviando várias MPs para o bem da nação, como estratégia de resposta, mesmo sabendo que serão caducadas ou rejeitadas. Neste caso as redes mostrarão os parlamentares que estão prejudicando o Povo. Ficarão numa sinuca de bico. Tirando isso, NADA mais se pode fazer. É ter paciência até a renovação do CN e do Judiciário. Não dá para reverter um aparelhamento de décadas em alguns meses de governo.

Se cada um controlar os nervos, entender a tarefa de cada setor e fizer o melhor que puder, chegaremos até o fim reduzindo a esquerda a cinzas. Reelegendo JB então, nem se fale! Penso que esta seja uma estratégia vencedora.

Não fazer “nada”. ?

JUNTOS, VENCEREMOS!

 

Angelo, para Vida Destra, 23/6/2020.

Sigam-me no Twitter! Vamos debater meu artigo! @PlenaeVitae

Angelo
Acompanhe me
Últimos posts por Angelo (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
12 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Sander Souza
Sander Souza
19 dias atrás

Brilhante artigo! Ajuda a acalmar os nervos e ajustar o foco!
Gostei da analogia com o desenho, que é um dos meus favoritos!
E é sempre bom lembrar que a cultura tradicional chinesa é mais uma das vítimas do Partido Comunista Chinês!

Evaldo R Souza
Evaldo R Souza
Reply to  Angelo
18 dias atrás

Com certeza a melhor maneira de pegar o Congresso e STF E OUTROS ÓRGÃOS DE JUSTIÇA que estão aparelhados é a moda “ mineira “na miúda ?encher a pauta do Congresso com leis e deixar que eles se virem e jogar para nós o povo cobrar os resultados ?Ñ ATACAR DE FRENTE…BATER DE LADO VAI SER BEM MAIS “”FÁCIL “ ou cavar nos pés arrastando a terra aos poucos até sem que percebam estarão bem fundos DEUS SALVE O BRASIL E PROTEJA NOSSO PRESIDENTE. … Evaldo R Souza

Last edited 18 dias atrás by Evaldo R Souza
Araguaci de Andrade
Araguaci de Andrade
19 dias atrás

Então é simples: ou eles OUVEM a voz do Povo ou não se reelegem. Como esperam que votemos novamente se não fazem nossa vontade, a vontade da maioria?

Gogol
18 dias atrás

Muito bem lembrado, meu amigo! É o tipo de artigo de suma importância para a direita, pois esta costuma se esquecer de que seu presidente foi eleito, de que ele não tem mancha de corrupção ou roubalheira, de que ele direciona todos os recursos públicos para o povo e para o desenvolvimento do Brasil, de que ele ama e defende este país como deve um verdadeiro patriota e de que ele não vai desistir de seu dever assumido. A direita tem que ser lembrada, porque se esquece de que com esquerda sempre foi o contrário de tudo isso que eu… Read more »

Nunes
Admin
Reply to  Gogol
14 dias atrás

Disse tudo!

Nunes
Admin
18 dias atrás

Excelente artigo meu amigo! Todo apoio ao PR e continuamos cobrando o Congresso nas pautas importantes.

Moises
Moises
18 dias atrás

Muito bom!!!++

Fabienne
Fabienne
17 dias atrás

Excele artigo Angelo!! Parabéns! Vamos acordar Brasil!!