Depois de longas ferias voltei. E voltei com o espirito renovado, pronto para dividir com vocês minhas humildes considerações acerca do “Mecanismo”. Mas não somente interessa a eles o Poder ou as benesses que isto proporciona. Interessa também livrar os corruptos da cadeia e assim fizeram com centenas deles. Justiça não foi feita aos miseráveis com quem magistrados deveriam ser mais atentos.

Afinal, como já dizia Rui Barbosa, “quem detém a pena que representa a Lei, há de redobrar os escrúpulos, pois, os pobres sempre serão mal defendidos, pois, suscitam menos interesse por parte dos poderosos”.

Mas em nosso País o direito dos miseráveis, do mendigo, e de quem não tem amigos nas mais altas Cortes, está fadado ao esquecimento.

Ate mesmo nossa Constituição foi estuprada ao longo destes últimos anos.
E aí pensamos: então qual é nossa defesa? Quem nos representa?

Na verdade precisamos de homens e mulheres que tenham coragem de não somente ler os absurdos que a Justiça, a Mídia e os Políticos estão fazendo com o Brasil pois, ler, me desculpem, é ate vulgar em uma situação como esta que estamos vivenciando. Raro é refletir sobre o que devemos fazer. Se tivermos brasileiros dispostos a enfrentar o Mecanismo, transformaremos as reflexões em atos de prodígio moral.

Para termos liberdade necessitamos antes de mais nada de força moral, pois, a privação de direitos é determinada não apenas pela Justiça, mas por Governadores, Prefeitos e Mídia, que insistem em se auto concederem o titulo de “Protetores da Verdade”.

O que é fato caros amigos, e o que precisamos entender, é que neutralidade não significa impassibilidade, pois, não há imparcialidade entre o direito e a justiça. Alias, afirmo que o direito e a justiça são irmãos de sangue e de alma.

E a mídia esqueceu disto há tempos. A interpretação deixou de ser subjetiva, os fatos deveriam ser neutros, sem odor ou cor. Cronistas, jornalistas, pseudo-celebridades não mantêm contato com o fato, mas sim com suas paixões.

Paixão pelo dinheiro fácil oriundo de campanhas milionárias que alimentaram os cofres de políticos e de Partidos. Afinal, quem não se lembra de Marcos Valério, Duda Mendonça e Joao Santana?

Após a eleição de Bolsonaro, o vale tudo inclui alguns pressupostos para decidir, julgar e condenar. Os fatos deixaram de ser fatos, são apenas ilações. Quem usa de seu direito, na verdade está usurpando o direito de alguém na visão dos “Protetores da Verdade”. E a Democracia deixou de ser o governo do povo pelo povo, pois, é crime participar do Império da Opinião. É crime clamar por direitos.

Afinal o interesse é claro: inundar o País de analfabetos e eleger novamente o maior deles, que não conhece decência, respeito aos valores familiares, e que considera o dinheiro público como extensão de seus bolsos.

A realidade que vemos é a de crianças sendo proibidas de frequentar aulas, de estudar e de exercerem sua cidadania.

O contraditório é crime capital, passível de prisão sem direito a julgamento ou a liberdade provisória. Trabalhar é equivalente ao latrocínio.

São estes os políticos que temos no Congresso Nacional. Realidade que é desprezada pela Mídia. Alpinistas sociais, atores de filmes eróticos, gente acusada de estupro, pedofilia, etc. Personagens medíocres e ignorantes culturalmente. Imaginem estes Congressistas legislando?

A que ponto chegamos quando não nos revoltamos ao ver um apedeuta falando para milhões de pessoas sem saber conjugar verbos no singular ou plural? Que confunde s com ç, que troca l por r. Não é preconceito. Queremos os melhores exemplos de postura, caráter e de cultura.

Mas o controle exercido pelos imbecis pode também achar, como já vimos e lemos, que a Natureza está de conluio com Bolsonaro.

Que indecência a Natureza fazer isto no Brasil certo?

E se eles descobrissem que ela além de ter vida e gerar vida, tem também consciência politica capaz de influenciar positivamente o Pensamento?

Políticos da Esquerda xiita criariam um PL para prender o Sol, pois, ele nasce, cresce e se põe. A maré deveria ser condenada à prisão perpetua, pois, enche e vaza; e o tempo seria condenado à morte, pois ousa arder e gelar.

Tenho a mais absoluta certeza de que nossa Justiça não abriria mão de prender não somente o Sol, mas a Lua, e que autorizaria a prisão imediata dos rios que ousaram desaguar suas águas nos oceanos. E a Mídia indignada diria: Congresso e Justiça prendem com toda a razão todos os elementos da Terra!!!

Natureza genocida, diriam!!!
Mas deixemos a ironia de lado.

Se ate Cristo perdeu a calma quando viu o Templo ser profanado, como vamos conter a cólera que se acentua a cada dia, a cada mês e a cada ano?

Não podemos ter indiferença com os excessos, com a brutalidade extrema que denota o egoísmo e a frieza em relação às barbaridades cometidas em nome da “ciência “.

Devemos aqui despertar a curiosidade que é inata a todos que gostam de ler; e principalmente fazer refletir sobre o que leem para depois, sim, tomar as decisões que não beneficiem unicamente suas próprias vidas mas a de todos nós.

Amigos, a imprensa que deveria ser os olhos da Nação, passou a ser um catado de vermes que lutam desesperadamente para a corrupção voltar a reinar. E para isto o único remédio é combater a falta de coragem, pois, devemos morrer pelo bem, simples assim.

Devemos não apenas clamar por cidadania, civilidade, honestidade, patriotismo com o seu País. Devemos também exercer estes princípios que norteiam a vida dos honestos e puros de alma. E termino novamente citando Rui Barbosa para dizer a vocês:

Em todo País civilizado, há duas necessidades fundamentais: que o poder legislativo represente verdadeiramente o povo, isto é, que a eleição não seja falsificada; e que o povo influa efetivamente sobre os seus representantes”.

 

 

Paulo Costa, para Vida Destra, 03/06/2021.                                                            Vamos debater o meu artigo! Sigam me no Twitter: @PauloCostaOfic2

 

Receba de forma ágil todo o nosso conteúdo, através do nosso canal no Telegram!

 

As informações e opiniões expressas neste artigo são de responsabilidade de seu(s) respectivo(s) autor(es), e não expressam necessariamente a opinião do Vida Destra. Para entrar em contato, envie um e-mail ao contato@vidadestra.org
Últimos posts por Paulo Costa (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
4 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Luiz Antonio
4 meses atrás

Neste brilhante art. de reestreia de @PauloCostaOfic2 s/o poder paralelo, só lembro de nós acusarem de Gabinete Paralelo,aliás certificado p/agências checadora de fatos. O resto querem q esqueçamos q: O preço da liberdade é a eterna vigilância.

Alvaro
Alvaro
4 meses atrás

Parabéns Paulo Costa, irretocável o texto.
Acredito a cada dia que a esquerda não foi responsável pela péssima educação escolar, ela fez de propósito para ter um exército de analfabetos funcionais a seu dispor e se manter no poder, o que não contavam era com o fim do silêncio dos conservadores que culminou na eleição de Bolsonaro.
Tenho profunda preocupação com os rumos do Brasil pois a esquerda não descansa, e por isso precisamos nos manter alerta.

Fábio Sahm Paggiaro
4 meses atrás

Excelente retorno, Paulo. Parabéns.

Telma Regina Matheus
4 meses atrás

Parabéns pelo artigo, Paulo. E bem-vindo de volta.