Penso que o STF caiu numa armadilha.

O Congresso, que depende de votos para sobreviver, ao que parece transferiu-lhe, em comum acordo, o protagonismo da destituição de Bolsonaro.

E os ministros da Suprema Corte passaram a acreditar que o destino batia às suas portas para “salvar o Brasil do fascista genocida Bolsonaro”, mesmo que ele tenha sido eleito e goze de apoio popular. E para isso, dada a nobreza da causa, tudo é válido, inclusive descumprir a Constituição que deveriam defender, invadindo competências da PGR e do Executivo, promovendo a censura, reprimindo a livre expressão e invadindo residências.

Os “deuses do Olimpo Jurídico”, mais do que nunca, estão na plena certeza de que tudo podem e que resta aos brasileiros e ao Poder Executivo, servilmente, se-lhes-submeter.
Inebriados pela crença na própria superioridade em relação aos mortais, como os “Luíses de França”, acreditam-se ungidos por direito divino e, portanto, inatingíveis e inquestionáveis pelos mortais. Julgam-se todos e cada um deles como Luís XIV, o “Rei-Sol”, esquecendo-se que também houve um Luís XVI, que se descobriu um reles mortal quando a guilhotina decepou-lhe a cabeça.

Vivem numa “Caverna de Platão ideológica”, totalmente segregados do povo, povo este em que grande parcela – parcela inaceitável –, muitas vezes nem arroz e feijão tem para comer, quanto mais as lagostas e vinhos premiados servidos naquela “caverna” e pagos pelo contribuinte.

Suas canetas são armas muito mais poderosas que mísseis nucleares, pensam. Bem mais poderosas, inclusive, que armas verdadeiras.

E isso ficou evidente em 27/05/2020, quando Alexandre de Moraes, para mostrar poder e ameaçar o Executivo, manda invadir residências e intimar deputados para depor, todos ligados a Bolsonaro.

Não foi um ato isolado. Vem na sequência de atitudes semelhantes de Celso de Mello e do próprio Moraes, nas últimas semanas, o que, obviamente, pressupõe apoio velado dos demais ministros. Ou seja, o STF está empenhado em mostrar ao Planalto que tudo pode e que irá atropelá-lo. E também irá atropelar os militares, isso demonstrado quando o “decano” ameaçou militares-ministros de “condução sob vara”.

Essas atitudes autoritárias e desproporcionais, contudo, colocaram a Suprema Corte em situação de elevado risco, pois a tornaram o centro de gravidade da crise.
Se conseguirem se impor, como estão conseguindo, criam condições legais – por eles mesmos assim decididas – para destituir o presidente e prender seus familiares e ministros.

Por outro lado, como protagonista de direito, e não de fato, e detentor de elevada rejeição popular, o STF, se confrontado e desobedecido pelo Executivo, será completamente desmoralizado e descobrirá que somente poderá recorrer às Forças Armadas para impor sua autoridade.

Sim, as mesmas Forças Armadas cujos generais são tratados pelos sábios e ilibados ministros como meliantes.

A população certamente apoiará a desobediência ao STF, ou melhor, está ansiosa por isso, motivo pelo qual o Congresso, que também está completamente desmoralizado perante a sociedade, não conseguirá sustentá-lo, como ambos planejaram. Assim, uma janela de oportunidade para a completa reformulação da Corte Suprema, com a responsabilização legal por possíveis abusos de autoridade cometidos, estaria aberta. E, na sequência, o processo reformador poderia chegar ao Congresso.

Porém, da mesma forma que o STF, hoje, é o centro de gravidade da oligarquia que se instalou no poder com a Constituição de 1988, o Executivo faz o mesmo papel no que tange à consolidação das novas práticas políticas e de administração pública pelas quais os brasileiros optaram nas eleições de 2018.

Entretanto, a radicalização de ambas as partes atingiu o nível de não retorno.

Quando Bolsonaro passar a faixa presidencial, destituído ou legalmente substituído, Legislativo e Judiciário, se permanecerem nos moldes atuais, articularão sua prisão, de seus familiares e de seus colaboradores. Será instalada uma “comissão da verdade” informal. A oligarquia da Nova República e Bolsonaro são mutuamente excludentes. Se um existir, o outro não sobrevive, em função da contradição de interesses por eles entendidos como vitais. Essa oligarquia, há muito, sabe disso e está colocando em prática as ações para a destituição do Presidente que, pelas declarações de 28/05/20 e de hoje, 30/05/20, também já entendeu. Mas, deve saber que se demorar a agir, a população poderá perder o entusiasmo e passar a vê-lo como um fraco e não como o Bolsonaro que elegeram para “arrumar a casa”.

Nesse contexto, o STF se colocou numa armadilha, pois, sua única opção é destituir um presidente com amplo apoio popular para ignorar suas determinações ou mesmo destituir todos os seus ministros.

Mas… e o Congresso?

Se isso ocorrer, talvez reste àquela Casa escolher entre realmente “abrir diálogo” com o Executivo ou seguir o mesmo caminho do STF.

Aparentemente, as medidas que vêm sendo adotadas pelo STF em relação ao Executivo e seus aliados estão mobilizando a população para “passar o Brasil a limpo”. Mais ainda nesta noite, em que o Presidente manifestou-se de forma firme, nas redes sociais.

Fábio Sahm Paggiaro, para Vida Destra, 30/5/2020.

Sigam-me no Twitter! Vamos debater meu artigo! @FPaggiaro

Fábio Sahm Paggiaro
Últimos posts por Fábio Sahm Paggiaro (exibir todos)
Subscribe
Notify of
guest
27 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Everton
Everton
1 mês atrás

Quem iria as ruas para defender o STF?

Ayrton Pisco
Ayrton Pisco
Reply to  Everton
1 mês atrás

Ninguém

fabio da cruz
fabio da cruz
1 mês atrás

#Somos57MILHOES parece pouco para eles respeitem nosso voto!!!

Kenia
Kenia
1 mês atrás

Belo texto!

JOAO
JOAO
1 mês atrás

Sábias palavras

Ney Jefferson Barroso de Souza
Ney Jefferson Barroso de Souza
1 mês atrás

Disse tudo com elevada percepção da realidade. Parabéns

Mario
1 mês atrás

STF se meteu em um caminho sem volta, muitos dos 11 provavelmente tem tido dificuldade de conciliar o sono. Serão envolvidos em uma disputa que criaram por omissão ao desrespeito constitucional.

Éverton
Éverton
1 mês atrás

#forastf

Teodósio
Teodósio
1 mês atrás

Artigo bastante elucidativo.

Lucia Maria Rocha
Lucia Maria Rocha
1 mês atrás

Editorial magistralmente elaborado.
A suprema corte,há muito já perdeu a sua credibilidade perante a sociedade.
E um espaço de “conchavos”favorecendo interesses de
De amigos e agregados
Destaco apenas dois, dos 11 Vestais
L.Barroso/ L.Fux, que no nosso sentimento, não combinam bem com
Os demais pares
Ponderados/ lúcidos, sem exibir a vaidade excessiva e a suposta condição de ” se considerarem,
Inatingíveis,
QUE DEUS NOS PROTEJA!

Guilhotina
Guilhotina
1 mês atrás

Creio que não dá para manter o STF como está, devem ser substituidos integralmente.Depois de terem soltado Lula e Zé Dirceu , já demonstraram para que servem.

Wilson costa
Wilson costa
Reply to  Guilhotina
1 mês atrás

Discordo da amiga Lúcia num ponto, quanto inocenta Luiz Barroso e Luiz Fux. Não é bem
Assim como vc pensa, pois estes dois só tem as caras de bonzinho, na realidade são trairas. Vc viu a postagem do jurista IVES GRANDA sobre Barroso ??? Um abraço amiga.

Nunes
Admin
1 mês atrás

Seja bem vindo !
Realmente o STF caiu como rato, porém não podemos ficar inertes.

CARLOS TADEU
1 mês atrás

Eu só peço que respeitem o meu voto!
#Somos57MILHOES

Delmar Gomes
Delmar Gomes
1 mês atrás

” Quando Bolsonaro passar a faixa Presidencial, “destituido, ou legalmente substituido”, o autor do texto, mostra suas tendencias de apoio a usurpar o poder de um Presidente legalmente empossado pelo povo. Em nem um momento o autor do texto, se poe ao lado da parte atacada. Tem como certa a destituicao do Presidente. Nem cogitou a possibilidade de reeleicao. O amigo ai, esta substimando o povo. O apoio popular nunca acabara, mesmo que voces queiram o contrario. O Presidente nao sera destituito porque voces querem. O povo esta com ele e, por ele e pela Nacao, lutarao com quais armas… Read more »

Nunes
Admin
Reply to  Delmar Gomes
1 mês atrás

Não acredito em destituição do Presidente também não. Mas eu entendi o seu desabafo.

Nunes
Admin
Reply to  Fabio Paggiaro
1 mês atrás

Obrigado pela resposta! Sempre é bom ter esse complemento aos leitores.

João Carlos de Castro
João Carlos de Castro
1 mês atrás

*#MONARQUIA_SIM_É_DEMOCRACIA_COM_ELEIÇÃO*
CUSTO BENEFÍCIO INDISCUTÍVEL COM ESTABILIDADE E SOLUÇÃO MAIS RÁPIDO
*#vamos_fazer_o_que_eles_já_deveria_ter_feito_apoiando.*
???*Todos e #qualquer_sistema_de_governo não tem como comparar ao #sistema_monarquico.*
*#As_repúblicas_e_todos_outro_vivem_em_constante_instabilidade_ou corrupção.*
https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=134849
*#República_socialismo_regimes_teocráticos_civicos_militares* #são_caros_e_de_alto_risco_a_nossas_populações_tanto_para_a_democracia_quanto_para_a_vida_e_economia_das_nacoes*
Somos o único a ter está possibilidade graças a Deus vamos ou não vamos. ??? Não adianta ter intervenção e devolver o governo pra mesmos sistema Corruptos que governavam eles mesmo ou pra filhos deles…

Wilson costa
Wilson costa
Reply to  João Carlos de Castro
1 mês atrás

SÓ JESUS…,

Juscelino de jesus
Juscelino de jesus
1 mês atrás

Concordo com todos os quesitos o exposto é a realidade que vivemos hoje oprimidos por um poder que não emana do povo vida longa ao presidente..Jair você é o Messias o Bolsonaro esperamos boas novas a população do bem te apoia somos a tua retaquarda acredite nenhum combatente irá te abandonar afirmo

Mari
Mari
1 mês atrás

É nosso dever continuar apoiando nosso Presidente e fazer com que respeitem nosso voto e nossa liberdade de expressão. Até hoje respeitamos todas as formas de manifestação mesmo aquelas que nos destroem por dentro, então agora que nos “engulam”. Avante #FechadosComBolsonaro

Wilson costa
Wilson costa
1 mês atrás

Pelo sim e pelo não, ainda fico com o presidente. Nunca na história, que eu tenha visto, vi um presidente tão atacado pela esquerda como desçonfiado dos militares, que se omitem a tomar uma posição em favor do brasil, e consequentemente dar respaldo ao presidente. O POVO ESTÁ arredio, desçonfiado e irado com a forma em que está sendo conduzido o congresso Nacional é o STF. TODO brasileiro vê com extrema insatisfação, a conduta dos parlamentares e a desonrosa atitude dos homens da Toga.. Realmente, estamos no começo de uma guerra, guerra esta esperada pelo povo é com o aval… Read more »

Ana
Ana
1 mês atrás

Para defender STF,uma instituição que deveria ser limpa,mas que se mostra ideologicamente comprometida com ex-presidente a e um legislativo altamente comprometido com prevaricação, corrupção,muitos sendo INVESTIGADOS,o povo não irá defender está gente,pois o povo não é mais tão ignorante e está vendo o que a imprensa também está fazendo.

Perpe Brasil
Perpe Brasil
1 mês atrás

Somos muitos A apoiar o presidente. Mas a partir de ontem os esquerdistas que estavam calados e os que não apoiam Bolsonaro começaram a se manifestar. E vão para ruas com vontade.O fato do coronavírus nos por em quarentena Atrapalha muito a participação nas manifestações.Temos que falar ao presidente para ele falar menos e se por numa postura de comando da nação. E nós falaremos por ele.

Sandra
Sandra
Reply to  Perpe Brasil
1 mês atrás

A palavra de ordem é essa.DIREITA FORTE E ORGANIZADA .

alcirsavoine@gmail.com
alcirsavoine@gmail.com
1 mês atrás

Chego a sonhar e vejo os togados todos presos junto com deputados e senadores corruptos vermelhos todos presos e o nosso Brasil tomando novos rumos, Deus assim nos conceda!!!