Penso que o STF caiu numa armadilha.

O Congresso, que depende de votos para sobreviver, ao que parece transferiu-lhe, em comum acordo, o protagonismo da destituição de Bolsonaro.

E os ministros da Suprema Corte passaram a acreditar que o destino batia às suas portas para “salvar o Brasil do fascista genocida Bolsonaro”, mesmo que ele tenha sido eleito e goze de apoio popular. E para isso, dada a nobreza da causa, tudo é válido, inclusive descumprir a Constituição que deveriam defender, invadindo competências da PGR e do Executivo, promovendo a censura, reprimindo a livre expressão e invadindo residências.

Os “deuses do Olimpo Jurídico”, mais do que nunca, estão na plena certeza de que tudo podem e que resta aos brasileiros e ao Poder Executivo, servilmente, se-lhes-submeter.
Inebriados pela crença na própria superioridade em relação aos mortais, como os “Luíses de França”, acreditam-se ungidos por direito divino e, portanto, inatingíveis e inquestionáveis pelos mortais. Julgam-se todos e cada um deles como Luís XIV, o “Rei-Sol”, esquecendo-se que também houve um Luís XVI, que se descobriu um reles mortal quando a guilhotina decepou-lhe a cabeça.

Vivem numa “Caverna de Platão ideológica”, totalmente segregados do povo, povo este em que grande parcela – parcela inaceitável –, muitas vezes nem arroz e feijão tem para comer, quanto mais as lagostas e vinhos premiados servidos naquela “caverna” e pagos pelo contribuinte.

Suas canetas são armas muito mais poderosas que mísseis nucleares, pensam. Bem mais poderosas, inclusive, que armas verdadeiras.

E isso ficou evidente em 27/05/2020, quando Alexandre de Moraes, para mostrar poder e ameaçar o Executivo, manda invadir residências e intimar deputados para depor, todos ligados a Bolsonaro.

Não foi um ato isolado. Vem na sequência de atitudes semelhantes de Celso de Mello e do próprio Moraes, nas últimas semanas, o que, obviamente, pressupõe apoio velado dos demais ministros. Ou seja, o STF está empenhado em mostrar ao Planalto que tudo pode e que irá atropelá-lo. E também irá atropelar os militares, isso demonstrado quando o “decano” ameaçou militares-ministros de “condução sob vara”.

Essas atitudes autoritárias e desproporcionais, contudo, colocaram a Suprema Corte em situação de elevado risco, pois a tornaram o centro de gravidade da crise.
Se conseguirem se impor, como estão conseguindo, criam condições legais – por eles mesmos assim decididas – para destituir o presidente e prender seus familiares e ministros.

Por outro lado, como protagonista de direito, e não de fato, e detentor de elevada rejeição popular, o STF, se confrontado e desobedecido pelo Executivo, será completamente desmoralizado e descobrirá que somente poderá recorrer às Forças Armadas para impor sua autoridade.

Sim, as mesmas Forças Armadas cujos generais são tratados pelos sábios e ilibados ministros como meliantes.

A população certamente apoiará a desobediência ao STF, ou melhor, está ansiosa por isso, motivo pelo qual o Congresso, que também está completamente desmoralizado perante a sociedade, não conseguirá sustentá-lo, como ambos planejaram. Assim, uma janela de oportunidade para a completa reformulação da Corte Suprema, com a responsabilização legal por possíveis abusos de autoridade cometidos, estaria aberta. E, na sequência, o processo reformador poderia chegar ao Congresso.

Porém, da mesma forma que o STF, hoje, é o centro de gravidade da oligarquia que se instalou no poder com a Constituição de 1988, o Executivo faz o mesmo papel no que tange à consolidação das novas práticas políticas e de administração pública pelas quais os brasileiros optaram nas eleições de 2018.

Entretanto, a radicalização de ambas as partes atingiu o nível de não retorno.

Quando Bolsonaro passar a faixa presidencial, destituído ou legalmente substituído, Legislativo e Judiciário, se permanecerem nos moldes atuais, articularão sua prisão, de seus familiares e de seus colaboradores. Será instalada uma “comissão da verdade” informal. A oligarquia da Nova República e Bolsonaro são mutuamente excludentes. Se um existir, o outro não sobrevive, em função da contradição de interesses por eles entendidos como vitais. Essa oligarquia, há muito, sabe disso e está colocando em prática as ações para a destituição do Presidente que, pelas declarações de 28/05/20 e de hoje, 30/05/20, também já entendeu. Mas, deve saber que se demorar a agir, a população poderá perder o entusiasmo e passar a vê-lo como um fraco e não como o Bolsonaro que elegeram para “arrumar a casa”.

Nesse contexto, o STF se colocou numa armadilha, pois, sua única opção é destituir um presidente com amplo apoio popular para ignorar suas determinações ou mesmo destituir todos os seus ministros.

Mas… e o Congresso?

Se isso ocorrer, talvez reste àquela Casa escolher entre realmente “abrir diálogo” com o Executivo ou seguir o mesmo caminho do STF.

Aparentemente, as medidas que vêm sendo adotadas pelo STF em relação ao Executivo e seus aliados estão mobilizando a população para “passar o Brasil a limpo”. Mais ainda nesta noite, em que o Presidente manifestou-se de forma firme, nas redes sociais.

Fábio Sahm Paggiaro, para Vida Destra, 30/5/2020.

Sigam-me no Twitter! Vamos debater meu artigo! @FPaggiaro

Fábio Sahm Paggiaro
Últimos posts por Fábio Sahm Paggiaro (exibir todos)
Amigos e leitores, pessoas físicas/jurídicas! Colaborem com a Revista @vidadestra sem tirar dinheiro do seu bolso. Baixe o app LunesPay e ganhe 25 pontos de vantagens. Seremos remunerados por cada download a partir do nosso link. Contamos com a direita! https://bit.ly/BaixeLunesPay-0
Subscribe
Notify of
guest
27 Comentários
mais antigos
mais novos mais votados
Inline Feedbacks
View all comments
Everton
Everton
5 meses atrás

Quem iria as ruas para defender o STF?

Ayrton Pisco
Ayrton Pisco
Reply to  Everton
5 meses atrás

Ninguém

fabio da cruz
fabio da cruz
5 meses atrás

#Somos57MILHOES parece pouco para eles respeitem nosso voto!!!

Kenia
Kenia
5 meses atrás

Belo texto!

JOAO
JOAO
5 meses atrás

Sábias palavras

Ney Jefferson Barroso de Souza
Ney Jefferson Barroso de Souza
5 meses atrás

Disse tudo com elevada percepção da realidade. Parabéns

Mario
5 meses atrás

STF se meteu em um caminho sem volta, muitos dos 11 provavelmente tem tido dificuldade de conciliar o sono. Serão envolvidos em uma disputa que criaram por omissão ao desrespeito constitucional.

Éverton
Éverton
5 meses atrás

#forastf

Teodósio
Teodósio
5 meses atrás

Artigo bastante elucidativo.

Lucia Maria Rocha
Lucia Maria Rocha
5 meses atrás

Editorial magistralmente elaborado.
A suprema corte,há muito já perdeu a sua credibilidade perante a sociedade.
E um espaço de “conchavos”favorecendo interesses de
De amigos e agregados
Destaco apenas dois, dos 11 Vestais
L.Barroso/ L.Fux, que no nosso sentimento, não combinam bem com
Os demais pares
Ponderados/ lúcidos, sem exibir a vaidade excessiva e a suposta condição de ” se considerarem,
Inatingíveis,
QUE DEUS NOS PROTEJA!

Guilhotina
Guilhotina
5 meses atrás

Creio que não dá para manter o STF como está, devem ser substituidos integralmente.Depois de terem soltado Lula e Zé Dirceu , já demonstraram para que servem.

Wilson costa
Wilson costa
Reply to  Guilhotina
5 meses atrás

Discordo da amiga Lúcia num ponto, quanto inocenta Luiz Barroso e Luiz Fux. Não é bem
Assim como vc pensa, pois estes dois só tem as caras de bonzinho, na realidade são trairas. Vc viu a postagem do jurista IVES GRANDA sobre Barroso ??? Um abraço amiga.

Nunes
Admin
5 meses atrás

Seja bem vindo !
Realmente o STF caiu como rato, porém não podemos ficar inertes.

CARLOS TADEU
5 meses atrás

Eu só peço que respeitem o meu voto!
#Somos57MILHOES

Delmar Gomes
Delmar Gomes
5 meses atrás

” Quando Bolsonaro passar a faixa Presidencial, “destituido, ou legalmente substituido”, o autor do texto, mostra suas tendencias de apoio a usurpar o poder de um Presidente legalmente empossado pelo povo. Em nem um momento o autor do texto, se poe ao lado da parte atacada. Tem como certa a destituicao do Presidente. Nem cogitou a possibilidade de reeleicao. O amigo ai, esta substimando o povo. O apoio popular nunca acabara, mesmo que voces queiram o contrario. O Presidente nao sera destituito porque voces querem. O povo esta com ele e, por ele e pela Nacao, lutarao com quais armas… Read more »

Nunes
Admin
Reply to  Delmar Gomes
5 meses atrás

Não acredito em destituição do Presidente também não. Mas eu entendi o seu desabafo.

Nunes
Admin
Reply to  Fabio Paggiaro
5 meses atrás

Obrigado pela resposta! Sempre é bom ter esse complemento aos leitores.

João Carlos de Castro
João Carlos de Castro
5 meses atrás

*#MONARQUIA_SIM_É_DEMOCRACIA_COM_ELEIÇÃO*
CUSTO BENEFÍCIO INDISCUTÍVEL COM ESTABILIDADE E SOLUÇÃO MAIS RÁPIDO
*#vamos_fazer_o_que_eles_já_deveria_ter_feito_apoiando.*
???*Todos e #qualquer_sistema_de_governo não tem como comparar ao #sistema_monarquico.*
*#As_repúblicas_e_todos_outro_vivem_em_constante_instabilidade_ou corrupção.*
https://www12.senado.leg.br/ecidadania/visualizacaoideia?id=134849
*#República_socialismo_regimes_teocráticos_civicos_militares* #são_caros_e_de_alto_risco_a_nossas_populações_tanto_para_a_democracia_quanto_para_a_vida_e_economia_das_nacoes*
Somos o único a ter está possibilidade graças a Deus vamos ou não vamos. ??? Não adianta ter intervenção e devolver o governo pra mesmos sistema Corruptos que governavam eles mesmo ou pra filhos deles…

Wilson costa
Wilson costa
Reply to  João Carlos de Castro
5 meses atrás

SÓ JESUS…,

Juscelino de jesus
Juscelino de jesus
5 meses atrás

Concordo com todos os quesitos o exposto é a realidade que vivemos hoje oprimidos por um poder que não emana do povo vida longa ao presidente..Jair você é o Messias o Bolsonaro esperamos boas novas a população do bem te apoia somos a tua retaquarda acredite nenhum combatente irá te abandonar afirmo

Mari
Mari
5 meses atrás

É nosso dever continuar apoiando nosso Presidente e fazer com que respeitem nosso voto e nossa liberdade de expressão. Até hoje respeitamos todas as formas de manifestação mesmo aquelas que nos destroem por dentro, então agora que nos “engulam”. Avante #FechadosComBolsonaro

Wilson costa
Wilson costa
5 meses atrás

Pelo sim e pelo não, ainda fico com o presidente. Nunca na história, que eu tenha visto, vi um presidente tão atacado pela esquerda como desçonfiado dos militares, que se omitem a tomar uma posição em favor do brasil, e consequentemente dar respaldo ao presidente. O POVO ESTÁ arredio, desçonfiado e irado com a forma em que está sendo conduzido o congresso Nacional é o STF. TODO brasileiro vê com extrema insatisfação, a conduta dos parlamentares e a desonrosa atitude dos homens da Toga.. Realmente, estamos no começo de uma guerra, guerra esta esperada pelo povo é com o aval… Read more »

Ana
Ana
5 meses atrás

Para defender STF,uma instituição que deveria ser limpa,mas que se mostra ideologicamente comprometida com ex-presidente a e um legislativo altamente comprometido com prevaricação, corrupção,muitos sendo INVESTIGADOS,o povo não irá defender está gente,pois o povo não é mais tão ignorante e está vendo o que a imprensa também está fazendo.

Perpe Brasil
Perpe Brasil
5 meses atrás

Somos muitos A apoiar o presidente. Mas a partir de ontem os esquerdistas que estavam calados e os que não apoiam Bolsonaro começaram a se manifestar. E vão para ruas com vontade.O fato do coronavírus nos por em quarentena Atrapalha muito a participação nas manifestações.Temos que falar ao presidente para ele falar menos e se por numa postura de comando da nação. E nós falaremos por ele.

Sandra
Sandra
Reply to  Perpe Brasil
5 meses atrás

A palavra de ordem é essa.DIREITA FORTE E ORGANIZADA .

alcirsavoine@gmail.com
alcirsavoine@gmail.com
5 meses atrás

Chego a sonhar e vejo os togados todos presos junto com deputados e senadores corruptos vermelhos todos presos e o nosso Brasil tomando novos rumos, Deus assim nos conceda!!!