Respira, inspira, Não Pira

  Seria blasé começar com a frase: “depois de um longo e tenebroso inverno…”? É possível, mas complemento, saudoso inverno. Ocorre que fiquei completamente perdida (e ainda estou) diante dos últimos acontecimentos no cenário político brasileiro. Vivemos em guerra! Uma guerra declarada e fortemente armada. Todos sabíamos que seria assim, a esquerda não aceitaria de forma passiva e silenciosa a vitória acachapante do Jair Bolsonaro e da turma nova que veio com ele.  Até aí, tudo bem! Juntos e em prol de apoiar o novo Governo, imbuídos de um desejo…

Ler mais

Uma carta da minoria barulhenta

Brasil, 20 de fevereiro de 2019 Oi Felipe Moura Brasil, tudo bem? Antes de mais nada preciso me apresentar, eu sou a “minoria barulhenta”, aquela tropa virtual, fanáticos e por que não, robôs. Felipe, a maioria de nós o conheceu nas eleições presidenciais de 2018, ahhh que grata surpresa, um moreno, alto, de olhos verdes, bem articulado, de direita e conservador, que se levantou para colocar os pingos nos is (perdoe o trocadilho…)!, postura ereta, frases de efeito e análises precisas. Lembro dessa análise: Abre aspas (aprendemos com você…) “Bolsonaro…

Ler mais

Quem é a OAB na fila do pão?

  Nos últimos dias a Ordem dos Advogados do Brasil esteve mais uma vez na crista da onda digital! O novo presidente da OAB andou dando entrevistas com posicionamentos nada republicanos, por assim dizer, sobre temas de extrema importância para os rumos do país. Antes é necessário saber quem é a OAB.   A OAB era uma autarquia vinculada ao judiciário, responsável por fiscalizar o exercício da profissão de advogado no Brasil e foi extinta pelo DECRETO No 11, DE 18 DE JANEIRO DE 1991 que revogou o DECRETO No…

Ler mais

Somos mesmo homofóbicos?

Foi divulgado o relatório produzido pelo Grupo Gay da Bahia (GGB) de 2018, muito aguardado pela militância, este é a fonte única de pesquisa usada por alguns governos, estudiosos, mídia e movimentos nacionais e internacionais, sem contar a Lacrosfera que está debruçada em mais uma edição do levantamento de assassinatos de LGBT+. Trago aqui alguns pontos que merecem ser observados na obra. Já inicio pela capa que traz nada mais nada menos que a foto da ex-vereadora lésbica, Marielle Franco, que foi assassinada em março de 2018, neste caso, a…

Ler mais

O Caio Coppola sofreu de Edgarsplaining  e  Fefitointerrupting

                           Na última sexta feira, 25, a internet veio abaixo. Pela manhã no programa Morning Show da Jovem Pan, na acalorada discussão a bancada chegou a um desfecho que, há muito venho avisando no Twitter (me segue lá!), aconteceria algo grave e que sairia do controle da rádio. A minha atenção girava em torno do Fefito, um fofoqueiro que se aventura a opinar sobre política, sem dados, estudos, só com vitimismo e achismo, mas qual não foi a minha surpresa ao ver que a confusão se deu com o…

Ler mais

Notícias de um mundo paralelo: Projaquistão e a Lacrosfera em guerra

    Como já era de se esperar as “celebridades” do #EleNão uma hora iam se enfrentar, os egos são estratosféricos e interesses nada republicanos permeiam essa relação de amizade e união entre eles. Vamos lá, Túlio Gadêlha, mais conhecido como “O Namorado da Fátima Bernardes” foi a vítima da vez. Eleito Deputado Federal pelo estado de Pernambuco na última eleição, apareceu tomando café ao lado do presidente da câmara Rodrigo Maia, ao qual o partido de Túlio faz oposição. Na legenda, Túlio Gadêlha escreveu: “A sociedade brasileira carece de…

Ler mais

A posse de armas me deixou POSSESSA!!!

Ontem o Presidente Bolsonaro assinou o decreto de posse de armas! A ansiedade era grande para saber os parâmetros do decreto, a mídia tradicional ficou enlouquecida, falácias, números mentirosos, análises tendenciosas… me custou uma paciência abissal e um estranhamento diante da histeria coletiva e seletiva. Vamos recordar que em 2005, na vigência do governo Lula foi realizado um referendo, que perguntou: “O comércio de armas de fogo e munição deve ser proibido no Brasil?”. O resultado final foi de 59.109.265 votos respondendo “não” (63,94%), enquanto 33.333.045 votaram pelo “sim” (36,06%)…

Ler mais