Extra! A Imprensa mente!

GVBA

Últimos posts por GVBA (exibir todos)

A Imprensa mente! Então por qual motivo as pessoas continuam assistindo, ouvindo ou lhe dando “views”? Algumas pessoas explicam que se trata de um momento de indignação e até revolta com determinadas manchetes, porém, não se dão conta que é exatamente essa a função da manchete, ela ludibria chamando a atenção para que o consumo da “noticia” aconteça e, acredite, tanto faz se quem vê gostou ou não, o que importa é a audiência ou alcance. Manchete: “título principal, de maior destaque, no alto da primeira página de jornal ou…

Ler mais

Uma carta da minoria barulhenta

Mell Sam

Mell Sam, apesar de doce, meio amarga. Ora, diante de tantos percalços no mundo em que vivemos, a doçura, por vezes, amarga, mas não azeda. Conservadora raiz, cristã, feminina e carregando a justiça como meu desígnio. Pega um café e vamos conversar.
Mell Sam

Últimos posts por Mell Sam (exibir todos)

Brasil, 20 de fevereiro de 2019 Oi Felipe Moura Brasil, tudo bem? Antes de mais nada preciso me apresentar, eu sou a “minoria barulhenta”, aquela tropa virtual, fanáticos e por que não, robôs. Felipe, a maioria de nós o conheceu nas eleições presidenciais de 2018, ahhh que grata surpresa, um moreno, alto, de olhos verdes, bem articulado, de direita e conservador, que se levantou para colocar os pingos nos is (perdoe o trocadilho…)!, postura ereta, frases de efeito e análises precisas. Lembro dessa análise: Abre aspas (aprendemos com você…) “Bolsonaro…

Ler mais

Como fabricar uma crise do nada

Siga-me

Nunes

Fundador do Portal Vidadestra.org
-Mercados, Forex, Investimentos e Crescimento Pessoal
Siga-me

Últimos posts por Nunes (exibir todos)

Sobre “como fabricar uma crise do nada” (ou sobre “como funciona a mídia tradicional”). Saiba interpretar o que grandes veículos de imprensa e jornalistas famosos publicam. Funciona assim : A mídia tradicional e os jornalistas de renome PRECISAM se manter em evidência e ter audiência. Caso contrário, perdem relevância, perdem patrocínio e “morrem”. Daí a sua busca desenfreada pelo “furo de reportagem” e para serem os primeiros a publicar algo relevante. Como a competição é grande, todos lutam para manter os melhores contatos possíveis e ter acesso a informações privilegiadas…

Ler mais

Nas entrelinhas da Folha

Últimos posts por Kaio Lopes (exibir todos)

Para dar início ao contexto, vamos direto ao ponto: qual é, afinal, o papel da imprensa na política e sociedade?   A partir dessa problemática, há um pressuposto de que a imprensa – e conglomerados – devem corroborar para a garantia da informação, a proteção dos fatos e o respeito às livres manifestações, o que, em suma, são direitos pétreos garantidos pelo artigo 5° da Constituição Federal. No entanto, exauridas as definições e admitas as funções inerentes, discute-se o limite do que se informa, se manifesta e se defende. Peguemos,…

Ler mais